Você Está Aqui
Home > Blog > A música ‘Sozinho’ é, na verdade, ‘Sozinha’

A música ‘Sozinho’ é, na verdade, ‘Sozinha’

O maior sucesso do compositor Peninha, a canção “Sozinho”, foi cantada/gravada por, aproximadamente, 60 artistas. As versões que marcaram e fizeram mais sucesso foram, sem dúvidas, a de Sandra de Sá (1997), de Tim Maia (1997) e a imortalizada na voz de Caetano Veloso (1998).

O que muita gente não sabe é que a canção se chama, originalmente, ‘Sozinha‘. Inclusive, no site do ECAD (Órgão responsável pela arrecadação dos direitos autorais) não aparece nas consultas de repertórios registrados, a canção ‘Sozinho’. Para encontrar a canção é preciso que consulte pelo nome de ‘Sozinha’, conforme imagem abaixo:

Lista do ECAD com a canção Sozinho
Sozinho é, na verdade, Sozinha.

 

A HISTÓRIA DA CANÇÃO

Muita gente conhece a história por trás desta canção, devido ao fato do compositor, Peninha, já ter explicado por diversas vezes o que o inspirou a escrever esse clássico da nossa música. Mas não custa nada explicar novamente.

Ao ouvir uma conversa/briga da filha adolescente (14) que estava ao telefone com seu namorado, Peninha percebeu que a filha estava sofrendo de solidão. Pela conversa era possível perceber que ela cobrava mais presença, mais carinho por parte do seu namorado. A jovem se sentia muito sozinha. Naquele momento, Peninha foi ao violão e compôs ‘Sozinha’:

Às vezes no silêncio da noite
Eu fico imaginando nós dois
Eu fico ali sonhando acordada
Juntando o antes, o agora e o depois
 
Por que você me deixa tão solta?
Por que você não cola em mim?
Tô me sentindo muito sozinha
 
Não sou nem quero ser sua dona
É que um carinho às vezes cai bem
Eu tenho os meus desejos e planos secretos
Só abro pra você mais ninguém
 
Por que você me esquece e some?
E se eu me interessar por alguém?
E se ele, de repente, me ganha?
 
Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
 
Ou você me engana
Ou não está maduro
Onde está você agora?
 
Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
 
Ou você me engana
Ou não está maduro
Onde está você agora?
 
 

MUDANÇA DE NOME

Caetano Veloso decidiu regravar a canção em 1998 e adaptou o nome para o gênero masculino. A versão explodiu nas rádios fazendo com que o álbum “Prenda Minha” atingisse 1 milhão de cópias vendidas.
 

SANDRA DE SÁ GRAVOU PRIMEIRO MAS PODIA TER SIDO FÁBIO

O produtor musical Guto Graça Melo conta que pediu ao Peninha que enviasse uma canção para que o Fábio Jr gravasse em um disco que ele iria produzir (Fábio Jr. já havia gravado e feito muito sucesso com ‘Alma Gêmea’, também de Peninha). Peninha enviou ‘Sozinha’, mas a canção não foi muito bem aceita por Fábio.
Resultado: Fábio não gravou. O disco seguinte que Guto Graça Melo produziu foi o de Sandra de Sá. O resto é história, Sandra gravou e atingiu a marca de 800 mil discos vendidos.
 

‘SOZINHO’ INTERNACIONAL

A canção ‘Sozinho’ foi cantada ao vivo por Nelly Furtado num show feito no Brasil. Já Alejandro Sanz gravou a canção para o álbum ‘Samba Pa’ Ti – Un Tributo a Brasil‘.
 

VERSÕES

Ouça abaixo as principais versões de ‘Sozinha’:
 

Comentar Via Facebook

Igor Wolfe

Carioca, amante da MPB, compositor nas horas vagas e um sonhador em tempo integral.

Top